Relações Escola e Comunidade.



15 de março de 2013



      

O fortalecimento e ampliação das relações com a comunidade: representa a possibilidade da comunidade participar mais ativamente da escola, auxiliando nas decisões relativas aos rumos a serem seguidos pela instituição, as diretrizes organizacionais que nortearão a atuação dos educadores, servindo como uma forma da comunidade opinar sobre os elementos que são relevantes para a implementação de um ensino de qualidade. Promover a família nas ações dos projetos pedagógicos significa enfatizar ações em seu favor e lutar para que possa dar vida às leis. 

Mais do que criar um novo espaço para tratar das questões da família ou da escola, a própria escola deve articular seus recursos institucionais, de maneira a assegurar que as reflexões, os debates, os estudos e as propostas de ação possam servir de embasamento para que o desenvolvimento social se concretize por meio de práticas pedagógicas educativas efetivas.

Os paradigmas tradicionais modificam-se com a gestão democrática. Assim, a escola democrática deve ser a escola da cidadania, em que se objetiva a formação de cidadãos autônomos, críticos e que sejam capazes de enfrentar todos os obstáculos que possam surgir em seu meio social. Nesse sentido, vale ressaltar que é inevitável a autonomia da escola como prática social e não somente colocadas e registradas em papéis.

A exposição de idéias, a aceitação de opiniões e sugestões, bem como as decisões dos caminhos da educação almejados, devem ser discutidas com toda a comunidade escolar e a sociedade e a participação deve ser constante e igualitária a todos.



Google+ Followers

Fale comigo!

Nome

E-mail *

Mensagem *

Arquivos do Blog